Quanto se esta pagando para gerentes de projetos no mercado ?

Esta é uma das perguntas mais realizadas, principalmente quem esta querendo entrar no segmento de gerenciamento de projetos, quem esta a procura de uma nova oportunidade no mercado ou para aquele gerente que esta querendo pedir aumento para o chefe.

Mas a resposta não é tão simples, pois alguns fatores precisam ser considerados quando se trata de o quanto o mercado esta pagando para um gerente de projetos. Fatores como nível de especialização do profissional (MBA, PMP e carreira técnica anterior), segmentos de mercado (TI, Telecom e etc.), porte e complexidade de projetos e até mesmo aspectos regionais devem ser levados em conta quando se trata de valores de salários para gerentes de projetos.

Vamos pela ordem … o crescente aumento da especialização de profissionais, através da busca de cursos de MBA em gestão de projetos e certificações PMP é um reflexo que o mercado esta cada vez mais em busca destes especialistas, ou seja, a tendência de colocar “gerentes de projetos” sem bases, conceitos, habilidades e competências gerenciais para liderar projetos esta sendo muito considerada pelo mercado que começa a entender que ter profissionais especializados é a melhor forma de minimizar impactos negativos em projetos. E sem dúvida a especialização já é ponto de valorização principalmente salarial.

Porte e complexidade de projetos é outro fator quase sempre muito considerado quando se trata de remuneração salarial para gerentes de projetos, pois certamente profissionais que “tocam” projetos pequenos e simples como, por exemplo, a implementação de uma simples loja virtual ou um projeto de Intranet para ume pequena empresa tem valores menores que um gerente responsável por projetos de maior porte como por exemplo uma reestruturação tecnológica de uma grande empresa multinacional onde o projeto pode envolver ás vezes centenas de profissionais, fornecedores e etc.

Do ponto de vista regional, há sim uma realidade na qual sem dúvida os profissionais da região Sul e Sudeste do país possuem remunerações médias superiores ao restante do Brasil. São Paulo especificamente tem índices salariais razoavelmente mais elevados em relação aos demais estados.

Bom … indo para os finalmente … quanto o mercado esta pagando ?

Vou apresentar alguns números com base em algumas informações que tenho, mas minha referencia base é mercado de São Paulo e mais orientado para área de Tecnologia da Informação.

É muito comum na área de tecnologia a modalidade de contratação chamada “PJ” pessoa jurídica, onde o profissional é contratado como se fosse um prestador de serviço. A outra modalidade é o tradicional CLT, ou seja, funcionário “registrado” da organização.

Profissionais relativamente em inicio de carreira, com formação, conhecimento em processos e boa práticas de gestão, com domínio de ferramentas com MS Project e outros, estão recebendo na faixa 4 mil a 6 mil reais na modalidade CLT e de 6,5 e 7,5 mil reais na modalidade PJ.

Já os profissionais com uma certa bagagem em gerenciamento de projetos que possuam um diferencial como a certificação PMP já conseguem uma remuneração que podem variar para os CLTs entre 7 a 9 mil reais e para os PJs entre 8 e 11 mil reais.

Estes números são as médias para o mercado de Tecnologia da Informação, um pouco mais orientados para projetos de sistemas e software, onde as variações tanto para cima como para baixa também existem. Recentemente eu soube de oportunidades oferecidas por uma grande multinacional do segmento de serviços de tecnologia com oportunidades para gerente de projetos com valores em torno de 14 mil reais no modelo CLT, como também tenho informações de profissionais que estão no mercado em busca de recolocações que recebem propostas para receber 4 mil reais, com o detalhe de exigirem larga experiência e até mesmo certificação PMP.

Apenas como curiosidade, vale mencionar que o mercado americano pratica números entre 70 a 120 mil dólares por ano para gerentes de projetos da área de TI. Existe um site nos Estados Unidos (www.computerjobs.com) onde gosto muito consultar quais são as habilidades e competências que as empresas americanas buscam nos profissionais de gestão de projetos. Este site que apresenta oportunidades para todos os estados americanos costuma postar os salários oferecidos pela organização que oferece a oportunidade. Portanto, para que domina a arte de gerenciar projetos e com um inglês afinado, uma boa oportunidade seria ficar uma temporada na terra do PMI.

Marcos Pires, Gerente de escritório de projetos (PMO), professor para cursos de MBA em Gestão de Projetos e instrutor para cursos de certificação PMP.

Email:  marcos.pires.2000@bol.com.br

Perfilhttp://www.linkedin.com/in/marcospiresgp

Twitter: http://www.twitter.com/projetizado

10 Comentários

  1. Marcantonio Fabra said,

    27/05/2009 às 21:15

    Olá Pires,
    O su blog realmente está de altíssimo nível e com textos bastante interessantes. Nossa, se os seus dados sobre a remuneração dos GP`s se baseiam em São Paulo (local que tradicionalmente oferece maiores salários), a situação brasileira não está nada boa comparada aos EUA e, quem sabe, ao resto do mundo. E tenho certeza que o nível de stress e envolvimento dos GP´s nos projetos de lá não chegam nem aos pés do que acontece aqui em terras brasileiras. Algo realmente a se pensar. Seria o fato de sermos terceiro mundo o gerador deste desnível? Fica aí a pergunta para a discussão de todos.

    Abraços,
    Marcantonio Fabra, MSc, PMP

  2. Michelle Araujo said,

    27/05/2009 às 22:44

    Muito interessante a abordagem. É perceptível o aquecimento do mercado para os profissionais GP, para garantir os melhores salários é preciso mesmo investir em formação e buscar experiência.

  3. Michael Fanti said,

    27/05/2009 às 22:53

    Marcos, ótimo tema, que esta informação sirva como referência para que todos os profissionais tenham em mente valores reais de mercado visando valorizar cada vez mais essa profissão e a certificação PMP assim como outras relacionadas a Gestão de Projetos.
    Sugiro expandir esse tema para fatores praticados pelos próprios profissionais e pelo mercado, que podem afetar positivamente e negativamente estas faixas salariais.
    Abraço
    Michael Fanti

  4. Alexandre Miguel said,

    28/05/2009 às 13:52

    Bom dia!
    De muito valor a matéria, serve de parâmetro no momento de negociação.
    Experiência e Formação são fatores importantes no momento de acerto salarial.

    Alexandre Miguel

  5. Jorge Toledo said,

    28/05/2009 às 17:02

    Caro Marcos,

    Vale lembrar que o custo para especialização, certificação, MBA’s, etc, etc não é baixo, para manter-se atualizado o investimento é bem alto, além disso para conquistar estes títulos muitas vezes, nós nos privamos do convivio de nossas filhas e amigos.
    Nós profissionais de IT ou GP devemos sempre lembrarmos destes fatos para aceitarmos qualquer proposta de emprego.

    Abraços,

    Jorge Toledo

  6. Daniella R. Marchese said,

    28/05/2009 às 20:05

    Marcos,

    Antes de mais nada, parabéns pelo blog! Os testos são muito interessantes!

    Analisando esse texto em particular, fiquei surpresa com a média salarial para São Paulo. Assim como o Marcantonio, acredito que o nível de stress e de responsabilidade envolvidos mereceriam um maior reconhecimento, mesmo que envolva profissionais sem tanta bagagem e talvez projetos de pequeno porte.

    Se em São Paulo é assim, quanto um profissional recebe para atuar no Norte e Nordeste? E isso levando em consideração que muito provavelmente as dificuldades encontradas serão maiores…

    Por outro lado, a realidade é que atualmente exige-se cada vez mais e remunera-se cada vez menos, e as pessoas acabam submetendo-se a essa situação por falta de opção. Infelizmente são poucas as pessoas que podem se dar ao luxo de esperar uma oferta melhor, e acabam aceitando o que aparece.

    Resta esperar que aqui, como em qualquer país, os profissionais sejam remunerados adequadamente, de acordo com sua competência e bagagem de conhecimento.

    Abraços,

    Daniella

  7. Reginaldo said,

    29/05/2009 às 04:06

    Parabéns professor Marcos!!! por este trabalho super importante de levar informação e conhecimento aos profissionais da área de gerenciamento de projetos onde cresce a cada dia a necessidade de ter cada vez mais profissionais capacitados nas empresas em todo o país.

    Abraços,

    Reginaldo

  8. Roberta Souza said,

    29/05/2009 às 19:47

    Parabéns Marcos pela matéria.
    Realmente fiquei supresa com os valores pagos aqui no Brasil principalmente para aqueles profissionais que estão começando.
    Se esses valores fossem para os GP´s que não possuem nenhuma certificação, até entenderia. Mas aquele que se prepara, que investe dinheiro e tempo para uma certificação PMP por exemplo, mereceria ganhar muito mais.

    Abraços!

    Roberta

  9. 30/05/2009 às 02:07

    Muito legal esta atualização. Obrigado.

  10. cflrodrigues said,

    07/09/2009 às 23:07

    Marcos,
    Não sou do mercado de TI, mas o que observo no mercado de engenharia, são numeros um pouco superiores. Especialmente para PMP’s. Aliás, 4.000 reais, com certificação é piada! e de mau-gosto! certamente parte de uma companhia que não tem cultura de gerenciamento e tão pouco sabe o que significa ser PMP/ CAPM ou até mesmo PMBoK e PMI.
    E vou um pouco mais longe. Não quero julgar ninguém, pois cada um sabe das suas condições na hora que “o cinto aperta”, mas o profissional que se submete a isso, não só se desvaloriza, como desvaloriza a profissão e a certificação.
    Esta é minha humilde opinião. Parabéns pelo blog.
    http://gpnapratica.wordpress.com
    http://www.twitter.com/pmpratice


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s